Vitória passa a contar com uma praça só para cães em Jardim Camburi

Foi inaugurada na manhã deste sábado (12) a Pracão, uma pracinha específica para a diversão dos cães, no bairro Jardim Camburi, em Vitória. No momento da inauguração, havia muitas famílias com seus animais. A inciativa é da prefeitura de Vitória e, segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Luiz Emanuel Zouain, esse espaço é uma demanda dos moradores do bairro.
Segundo o secretário, a Pracão não representa um valor elevado no orçamento da prefeitura. Ele disse que o custo foi de aproximadamente R$ 10 mil e que estão sendo estudadas outras praças semelhantes em mais bairros, como Jardim da Penha, Praia do Canto e Mata da Praia. No entanto, o secretário disse que isso deve ser analisado mais detalhadamente porque, mesmo que o custo não seja elevado, quando isso se junta a outros custos, acaba impactando no orçamento.
[ad name=”HTML”]
O consultor em seguros, Wanderson Muniz, de 35 anos, levou seus dois cachorros à Pracão e aprovou a iniciativa. “Hoje, a gente traz o animal e ele fica à vontade porque é um espaço fechado e o pessoal que está aqui dentro é quem realmente gosta de bicho. Então, a gente se sente bem”, frisou Wanderson.
A Pracão foi instalada numa pequena área da praça Nilze Mendes, em Jardim Camburi. No mesmo local, há um parquinho para crianças que, segundo alguns pais que levam os filhos para brincarem no espaço, atende as necessidades das crianças, mas precisa de reparos em brinquedos, limpeza e retirada de mato que cresceu junto a areia em que os pequenos brincam.
O secretário de Meio Ambiente de Vitória, Luiz Emanuel Zouain, explicou que a prefeitura faz adequadamente os reparos dos equipamentos públicos.
“As reclamações naturais acontecem porque, às vezes, solta um prego e o morador reclama. E isso está certo porque o morador de Vitória tem um nível de exigência extraordinário. Agora, as praças não estão desassistidas, muito pelo contrário”, disse o secretário em entrevista à Rádio CBN Vitória.
Ao ser perguntado se a Pracão deve ser uma prioridade da prefeitura, Luiz Emanuel disse que não se pode deixar de atender a população que possui animais. De acordo com estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), há mais animais domésticos que crianças no Espírito Santo. São mais de 860 mil bichos de estimação no Estado. Os cachorros são a maioria, totalizando cerca de 470 mil bichinhos.
[ad name=”HTML”]
CLOSE
CLOSE
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com