Tragédia de Brumadinho tem 34 mortes confirmadas

O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais atualizou para 34 o número de corpos resgatados após o rompimento da barragem de rejeitos da mineradora Vale no município de Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

O rompimento da barragem B1 ocorreu no início da tarde de ontem (25), na Mina Córrego do Feijão. A quantidade de rejeito acumulado na estrutura fez com que uma outra barragem transbordasse. A lama atingiu uma área administrativa da companhia e parte da comunidade. A barragem estava há mais de três anos inativa, sem receber resíduos. A última auditoria não apontou nenhuma irregularidade, segundo a mineradora. A Vale ainda não sabe o que motivou o rompimento.

Entre as vítimas estão Marcelle Porto Cangussu, que era médica do trabalho da mineradora Vale, e o empresário Márcio Mascarenhas, dono da Pousada Nova Estância, que foi completamente destruída pela avalanche de lama.

CLOSE
CLOSE
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com