Pai é suspeito de estuprar e engravidar filha de 12 anos em Baixo Guandu, no noroeste do Espírito Santo

Por Alessandro Bacheti, TV Gazeta

O pai de uma menina de 12 anos é suspeito de estuprar a filha adotiva, em Baixo Guandu, na região noroeste do Espírito Santo, que teria ficado grávida dele. O caso aconteceu no início do mês de outubro e foi divulgado nesta semana pela Polícia Civil. A reportagem da TV Gazeta não conseguiu contato com o suspeito e nem com a defesa dele. Caso está sob segredo de justiça.

O caso foi descoberto após denúncia anônima na Polícia Civil do município depois de uma tentativa de aborto. A situação foi encaminhada para o Conselho Tutelar de Baixo Guandu.

As conselheiras não quiseram gravar entrevista, mas relataram que foram até a casa da família e conversaram com a mãe, que confirmou que a menina estava grávida e disse que não sabia quem era o pai.

Segundo relatos, os abusos tinham o consentimento da mãe e aconteciam desde que a menina tinha 7 anos. O casal já foi denunciado por maus tratos dela e do irmão, em 2010.

A tia biológica da adolescente relatou que soube do caso pelas redes sociais. “Foi um áudio que vazou e me mandaram falando sobre o estupro que os pais faziam. Eu fui no conselho tutelar na quarta-feira (17) e o que me passaram é que teve o caso, mas que está em sigilo”.

CLOSE
CLOSE
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com