Love acerta rescisão na China e mexe com diretores e eleição no Corinthians

Representante de Vagner Love, Evandro Ferreira e o jogador assinam a rescisão contratual com o Shandong Luneng-CHI nesta quarta-feira. Livre no mercado, informação confirmada pelo próprio Evandro ao UOL Esporte, o atacante mexe com diretores do Corinthians.

Internamente, membros do departamento de futebol discutiram sobre a possibilidade de fazer uma oferta por Vagner Love. O consenso é que, pelos valores que ele recebe na China, o negócio é inviável para qualquer clube brasileiro. De acordo com o Diário Lance, o salário do atacante no Shandong era de aproximadamente R$ 1 milhão.

Segundo o UOL Esporte apurou, o candidato a presidente Roberto de Andrade e seu apoiador Andrés Sanchez buscam um reforço capaz de movimentar o processo eleitoral. Roberto disputa o comando do clube com Antônio Roque Citadini, em cenário hoje desenhado como equilibrado. Inicialmente, esse nome era o de Darío Conca, que está de saída do Fluminense para atuar na China. Mas, por ora, nenhuma oferta por Vagner foi realizada.

Todos os envolvidos com o departamento de futebol, porém, sabem que a posição do presidente Mário Gobbi não irá mudar. Até que o sucessor seja definido em 7 de fevereiro, Gobbi não está disposto a contratar mais nenhum jogador, salvo oportunidade de ocasião. Vagner Love, pelos valores envolvidos, não é visto como um negócio desse perfil.

De acordo com o agente do atacante, Love e ele ainda não definiram qual será o projeto de carreira para os próximos anos. A saída de Vagner foi surpresa para ambos e decorre da chegada de Diego Tardelli ao Shandong Luneng. O clube chinês é automaticamente obrigado a liberar um jogador estrangeiro para inscrever Tardelli. A princípio, seria Walter Montillo, mas a escolha final acabou por ser Love, que tinha apenas mais um ano de contrato.

Pessoas próximas ao jogador acreditam que, na visão de Love, retornar ao Brasil seria algo atrativo, sobretudo ao Corinthians. Há 10 anos, o clube firmou parceria com a investidora MSI e chegou a apresentar Vagner aos jornalistas. O negócio não saiu, virou mico para todos os envolvidos e o atacante retornou à Rússia. Mas manteve fixa a ideia de um dia defender o clube.

Hoje com 30 anos, Vagner Love disputou 33 partidas na última temporada pelo Shandong Luneng e anotou 22 gols.

CLOSE
CLOSE
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com