Júlio Delgado, do PSB, oficializa candidatura à Presidência da Câmara

O deputado Júlio Delgado (PSB-MG) lançou oficialmente nesta quarta-feira (17) sua candidatura à Presidência da Câmara e anunciou o apoio do PSDB, PV e PPS. Ele vai disputar o comando da Casa com os deputados Arlindo Chinaglia (PT-SP) eEduardo Cunha (PMDB-RJ).

Assim como os dois adversários, Delgado reforçou que, se for eleito, vai batalhar para garantir “altivez” e “independência” do Legislativo em relação ao Executivo. “A nossa diferença em relação aos outros é não estar vinculado ao governo. Independência é votar matéria sem vinculação com indicação de ministro e sem perder ministro porque votou de uma forma ou de outra”, afirmou.

O líder do PSDB na Câmara, Antônio Imbassahy (BA), discursou no lançamento da candidatura e defendeu que o próximo presidente da Casa investigue o escândalo de corrupção na Petrobras. “Queremos um presidente que possa rechaçar qualquer iniciativa do Executivo de Chavismo, de controle de conteúdo da mídia e que possa empreender uma investigação total da Petrobras”, declarou.

O presidente do PPS, Roberto Freire, também acompanhou o evento e disse que o Legislativo precisa voltar a ter “autonomia” em relação aos interesses do Executivo. “Precisamos fazer um resgate do Poder Legislativo como um poder autônomo”, disse.

A eleição para presidente da Câmara está marcada para o dia 1º de fevereiro em 2015, logo após a posse dos deputados eleitos neste ano. Na próxima legislatura, PSDB, PV, PPS e PSB terão 106 deputados. Como a votação é secreta, não possível garantir que todos votarão em Delgado.

Foto: Luis Macedo/Ag.Câmara
Fonte: G1

CLOSE
CLOSE
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com