Equipe de resgate detecta sinais das caixas-pretas do avião da AirAsia

Uma equipe de resgate detectou sinais das caixas-pretas do avião da AirAsia, que caiu com 162 pessoas a bordo no dia 28 de dezembro no mar de Java, um dia depois de se conseguir recuperar uma parte da cauda do aparelho.

Os sinais foram detectados a cerca de 30 metros de profundidade e em um raio de quatro quilômetros de onde terminou a parte traseira da aeronave, informou o canal indonésio “Metro Tv”.

Ridwan Jamaluddin, porta-voz da equipe de busca, disse pelo telefone à televisão local que “três embarcações informaram que detectaram um som similar na mesma região. Ao emitir uma chamada, as caixas-pretas responderam ao sinal”.

As autoridades estão tentando estabelecer a localização exata dos dispositivos para realizar sua recuperação. As duas caixas-pretas guardam os registros das conversas na cabine e os dados de voo e são essenciais para se saber o quê aconteceu ao avião antes de cair no mar.

Leia mais notícias do mundo

No entanto, a principal prioridade das autoridades indonésias é agora localizar a parte principal da fuselagem do avião, onde se acredita estejam presos os corpos da maioria de passageiros que ainda estão desaparecidos. Até o momento, as equipes de resgate recuperaram 48 corpos das 162 pessoas que viajavam a bordo.

O avião da AirAsia que realizava o voo QZ-8501 decolou de Surabaia na madrugada do dia 28 de dezembro e tinha previsto aterrissar algumas horas mais tarde em Cingapura, mas caiu no mar de Java 40 minutos após partir.

CLOSE
CLOSE
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com