Empreiteiras da Lava Jato têm R$ 6,2 bi em contratos com elétricas

Empresas investigadas pela operação Lava Jato têm contratos no valor de R$ 6,2 bilhões com estatais do setor elétrico. Segundo levantamento feito pelo UOL, seis empreiteiras investigadas mantêm contratos com subsidiárias do sistema Eletrobras. Procuradores do caso Lava Jato investigam a atuação dessas empreiteiras em obras do setor de infraestrutura e o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) apura a existência de um esquema semelhante ao que foi apontado na Petrobras atuando no setor elétrico. Eletrobras e as empreiteiras negam irregularidades em seus contratos.

O sistema Eletrobras é formado por 12 subsidiárias espalhadas por todo o país e atua no ramo de geração e distribuição de energia. Em 2013, a estatal teve um prejuízo de R$ 4 bilhões.

De acordo com levantamento feito pelo UOL, quatro subsidiárias da Eletrobras mantêm contratos com empreiteiras do caso Lava Jato: Furnas, Eletronuclear (responsável pelas usinas de Angra 1, Angra 2 e Angra 3), Amazonas Energia e Eletronorte.

As empreiteiras que mantêm contratos com as estatais são: Camargo Corrêa, Odebrecht, UTC, Andrade Gutierrez, Engevix e Queiroz Galvão. Executivos de todas as empresas, exceto da Odebrecht,  foram presos durante a sétima fase da operação Lava Jato, em novembro.

Fonte: UOL
Foto: Reprodução/AFP

CLOSE
CLOSE
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com