Democrata perde por 3 a 2 para o Real Noroeste no 1º amistoso do ano

Este fim de semana marcou a volta do Democrata em competições. O time, que já havia feito alguns treinos, jogou contra o Real Noroeste. Apesar da derrota por 3 a 2, no Estádio José Olímpio da Rocha, em Águia Branca, o técnico da Pantera, Gilmar Estevan, diz que o jogo foi uma boa oportunidade para começar a definir a base do time.

Na partida, o time mineiro abriu o placar com o gol de Leandrinho. Depois, Marcio Tuta, Leley e Morotó viraram o jogo e deram a vantagem de 3 a 1 para o Real Noroeste. Paulinho ainda descontou para o Democrata, em um gol de falta.

De acordo com Gilmar, o time foi divido em duas equipes. No primeiro tempo, foi usada o que seria a base do time, e nos outros 45 minutos, foi a vez do segundo grupo pisar no gramado. A intenção, segundo o técnico, foi manter os atletas dentro do campo e fortalecer o entrosamento entre eles.

– Como foi o primeiro amistoso, eu achei muito acima do que eu pensava, a gente vem de muito trabalho físico, e a qualidade de entrosamento foi muito boa, gostei muito dos dois elencos. Teve erros individuais, mas isso acontece muito no início do ano – diz Gilmar.

Rendimento em campo

Na partida, o técnico aprovou a atuação do lateral direito Osvaldo e o meia atacante Paulinho, autor de um dos gols. A lateral esquerda, que segue deficiente, deve ganhar um reforço nos próximos dias.

Agora o time recebe o Real Noroeste, no amistoso de volta, no Mamudão, neste sábado, 17, às 17h. Com os amistosos, o técnico Gilmar Estevan pretende montar uma equipe forte para enfrentar o campeão brasileiro, Cruzeiro, no dia 01 de fevereiro, na abertura do Mineiro.

– A gente tem que entrar firme para conter esse Cruzeiro que está muito forte. Vamos caminhando e nos fortalecendo para manter o bom rendimento durante todo Campeonato Mineiro – afirma Gilmar.

(*) Por Davidson Fortunato, sob orientação de Cida Santana.

CLOSE
CLOSE
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com