Confirmada segunda morte por maculosa na região metropolitana de BH

Morreu nessa terça-feira (24) no hospital Santa Rita, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, Adriano Pereira dos Santos Ribeiro, de 42 anos. Ele morava em Florestal e teve contato com animais que têm o carrapato estrela como hospedeiro e que transmitem a febre maculosa.

A morte do lavrador foi confirmada pela Secretaria Municipal de Saúde de Contagem na tarde desta quarta-feira (25).

A Secretaria Municipal de Saúde de Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, confirmou nesta quarta-feira (25) uma outra vítima, identificada como Aristeu de Souza Lima, de 42 anos, morador do bairro Nacional, faleceu em decorrência de febre maculosa.  O resultado do exame ainda não foi divulgado oficialmente, porém, as secretarias do município e de Belo Horizonte já foram acionadas para que providências sejam tomadas.

Lima deu entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) JK na última segunda-feira (16) e, no dia 20, foi transferido para o Hospital Municipal de Contagem, com a suspeita de febre maculosa.
Com a piora do quadro clínico, o paciente foi encaminhado para o Centro de Terapia Intensiva (CTI) do hospital, onde foram iniciadas as “solicitações de sorologias para confirmação da hipótese diagnóstica inicial”, junto com a Fundação Ezequiel Dias (Funed). Devido à gravidade do caso, o paciente veio a óbito.

Em setembro de 2016, o menino Thales Martins Cruz de 10 anos morreu de febre maculosa, dias após ter visitado o Parque Ecológico da Pampulha. Desde então, diversas medidas de combate ao carrapato transmissor da doença foram aplicadas no local, como isolamento de áreas para aplicação de carrapaticidas, capina e irrigação.

CLOSE
CLOSE
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com