Aluguel residencial sobe 0,6% em novembro em São Paulo, diz Secovi

Os contratos novos de locação residencial assinados em novembro na cidade de São Paulo subiram 0,6%, em média, comparado aos valores praticados em outubro, de acordo com pesquisa realizada pelo Secovi-SP. Na comparação com novembro de 2013, o crescimento é de 2,5%, valor inferior ao da variação do Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) do período, que foi de 3,7%.

Os imóveis que registraram as maiores altas em novembro foram os de 1 dormitório: 1%. O aluguel das residências de 2 quartos subiu em média 0,6%, e a locação das moradias de 3 dormitórios apresentou queda de 0,2%.

O fiador foi o tipo de garantia mais frequente, utilizado em 46,5% das moradias locadas no mês. O depósito de até três meses de aluguel foi responsável por um terço dos contratos de locação efetuados. Em um quinto dos casos, a modalidade de garantia foi o seguro-fiança.

Em novembro, as casas foram ocupadas mais rapidamente que os apartamentos, em um prazo de 15 a 35 dias. Já o Índice de Velocidade de Locação, que mede quanto tempo se leva para assinar o contrato dos apartamentos, variou de 22 a 46 dias.

Foto: Reprodução
Fonte: G1

CLOSE
CLOSE
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com