Pintor é morto com facada enquanto dormia, em Viana

Um pintor industrial foi morto com uma facada em Viana Sede, por volta das 4h da manhã desta sexta-feira (03). Segundo informações da polícia, Gilmar Santana, 59, estava dormindo, em casa, quando um homem entrou, arrombou a porta da residência e foi até o quarto em que ele dormia, dando uma facada na vítima. O criminoso fugiu em seguida, deixando a arma do crime para trás.




O homem, mesmo ferido, ainda conseguiu ir até a casa de um vizinho e pedir ajuda. Ele chegou a contar quem era o assassino, pois já o conhecia. O vizinho avisou do ocorrido a familiares da vítima e uma irmã de Gilmar chamou o Samu. Desistindo de esperar, ela o socorreu para um posto de saúde, mas no meio do caminho encontrou uma ambulância, que acabou constatando a morte.

A polícia afirma ainda que o principal suspeito de cometer o crime seria o marido de uma mulher com quem a vítima tinha um envolvimento há mais de 10 anos. O suspeito já teria tentado matar o pintor pelo menos três vezes.




Os familiares de Gilmar, no entanto, argumentam que a mulher é separada, mas o ex-marido dela não aceitava fim do relacionamento, o que teria motivado o crime. Além disso, eles confirmam que o pintor sempre morou em Viana, que era uma pessoa conhecida na região e que a morte dele foi um choque para todos.

O suspeito de ter cometido o crime fugiu e não foi encontrado. O caso será investigado pela Delegacia de Crimes Contra a Vida (DHPP) de Viana.

Comentários

Comentários




CLOSE
CLOSE